Adicionar Remover Classe CSS com JavaScript

Escrito por Matheus Piscioneri. Em Javascript, JQuery

A manipulação de classes é uma das facilidades que o JQuery proporciona e facilita infinitamente nossa vida. Essas funções nos ajudam muito quando iremos definir um comportamento dinâmico para os elementos.

Com JavaScript e jQuery você pode manipular (adicionar e remover) suas classes CSS.

 
  • addClass: Podemos adicionar uma ou mais classes em um elemento para executarmos uma ação ou formatarmos o elemento com estilos determinados.
  • removeClass: Remove uma ou várias classes dos elementos escolhidos.
  • attr: Define ou retorna atributos e valores dos elementos selecionados.
  • removeAttr: Remove atributos e valores dos elementos selecionados.
  Para adicionar uma classe, é possível usar a função addClass:   Para remover a classe do exemplo anterior, podemos usar o mesmo seletor e a função removeClass:   ou podemos usar a própria classe como seletor:   Para mudar a classe de um elemento, é possível usar as duas funções simultaneamente:   É possível adicionar e remover mais de uma classe ao mesmo tempo:    

É possível, ainda, manipular as classes dos elementos utilizando a função attr do jQuery.

  Para pegar o valor de um atributo de um elemento utilizando JavaScript e jQuery podemos fazer o seguinte:   Caso a intenção seja mudar o valor do atributo do elemento usado no exemplo acima, é possível fazer da seguinte maneira:   Para remover o valor de um atributo, podemos fazer da seguinte maneira:   javascript Fonte: www.sitehtml.com.br

Contar elementos com JavaScript

Escrito por Matheus Piscioneri. Em Javascript, JQuery

Vou mostrar um exemplo simples usado para contar o número de elementos com a biblioteca jQuery.

Para contar os elementos do trecho de código HTML abaixo:

  Com os seletores do jQuery é possível contar elementos pelo nome, pelo id e pelo atributo class. Para contar os elementos do exemplo postado acima poderíamos usar o seguinte código JavaScript:  

A variável quantidadeLi terá valor 6.

A variável quantidadeIdExemplo terá valor 1.

A variável quantidadeClasseEspecial terá valor 3.

  javascript Fonte: www.sitehtml.com.br

Utilizar CSS Sprites – Sprite Cow

Escrito por Matheus Piscioneri. Em Css

Você sabe o que é mapeamento de imagens?

É uma técnica que se baseia em combinar diversas imagens em uma só, em busca de diminuir o número de requisições HTTP para o servidor. 

É visivelmente perceptível a velocidade em que o site do Google ou Facebook carrega suas imagens. Isso se deve ao mapeamento de imagem. Isso se dá, pois o site normalmente ao invés de utilizar várias imagens para diferentes usos no site, eles utilizam apenas uma e indicam qual “pedaço” dela será usada para cada fim.

Essa tarefa se torna muito mais simples com o Sprite Cow, que é uma ferramenta de CSS Sprites que ajuda você a obter os valores de posição de diferentes lugares em uma única imagem. Este aplicativo para web, captura a posição de fundo, altura e largura dos estilos que podem facilmente copiados e colados em seu site.

sprite-cow-1  

Sprite Cow é uma ferramenta de código aberto, sendo assim você pode encontrar o arquivo de download que está disponível no Github. Ou utilizar a ferramenta online mesmo, a partir do site oficial.

sprite-cow-2       Fonte: www.mundoinformal.com

Datas PHP

Escrito por Matheus Piscioneri. Em Php

Datas PHP, você pode exibir datas de várias formas. Usando a função date() é possível formatar a data atual de diversas formas, veja os parâmetros mais comuns:

d – Dia do mês com 2 dígitos

D – Representação textual do dia

m – Representação numérica do mês com 2 dígitos

M – Representação textual do mês

y – Representação do ano com 2 dígitos

Y – Representação do ano com 4 dígitos

l – Descrição do dia da semana

h – Formato em 12 horas

H – Formato em 24 horas

i – Minutos com 2 dígitos

s – Segundos com 2 dígitos

A – AM ou PM

Essas letras são argumentos da função date, veja alguns exemplos:

 

No MySQL existem os tipos de coluna DATE e DATETIME que são para armazenar datas e datas com hora. O formato de entrada de um campo DATE é AAAA-MM-DDe do DATETIME é AAAA-MM-DD HH:MM:SS. Pra usar a função date() e gerar datas no formato de entrada do MySQL é só fazer assim:

 

Uma função muito usada é a time(): ela retorna um valor chamada UNIX TIMESTAMP que é o número de segundos que se passaram desde 1970 até agora. É um número de 11 algarismos (até agora) e também serve como segundo argumento da função date() quando queremos formatar uma data antiga ou futura.

 

Quando se precisa trabalhar com datas antigas e/ou futuras, uma função útil para ajudar a encontrar o timestamp é a mktime(), podemos usar ela da seguinte forma:

 

Se você está pegando datas salvas no MySQL pode reparar que ela vem no formato AAAA-MM-DD, pra gerar o timestamp de uma data assim é só usar a função strtotime(), dessa maneira:

 

Essas não são nem metade de todas as funções para manipulação de datas do PHP, mas essas são as mais importantes e mais usadas. Veja na documentação cada uma delas que você encontrará outros exemplos e formas de uso.

Documentação Oficial:

  • Função date() » Função para formatar datas
  • Função time() » Retorna o UNIX TIMESTAMP atual
  • Função mktime() » Cria um timestamp em função de seus argumentos (uma data específica)
  • Função strtotime() » Gera o timestamp de uma data em formato textual
php Fonte: www.blog.thiagobelem.net

TCC – Uso de mobilidade no controle de saúde

Escrito por Matheus Piscioneri. Em Android, Banco de Dados, Cursos, Diversos, Html, Java, Javascript, JQuery, MySQL, Php

Em junho de 2014 fiz a defesa do Trabalho de conclusão de curso apresentado ao Curso de Ciência da Computação do Centro Universitário Barão de Mauá, como parte dos requisitos para obtenção do título de Bacharel em Ciência da Computação.

Meu tema foi “Uso de mobilidade no controle de saúde” com o orientador Fábio Bento Takeda, a banca foi composta pelo Rodrigo Antonio Faccioli e o Guilherme Torres.

Fui aprovado com nota máxima, agradeço a todos que de alguma forma contribuíram diretamente ou indiretamente para a realização do trabalho!

 

RESUMO

Uso de mobilidade no controle de saúde

PISCIONERI, M, F.

Com a popularização dos smartphones e o avanço das tecnologias, inclusive na área da saúde, o controle e monitoração de algumas medidas de saúde como glicose, pressão arterial, batimento cardíaco, peso, altura e IMC podem usufruir da mobilidade. Pensando nisso, foi desenvolvido um aplicativo para Android em JAVA que auxilia o usuário a monitorar e controlar sua própria saúde, para a obtenção de uma melhor qualidade de vida. As informações sobre a saúde do usuário são armazenadas no dispositivo, com a disponibilidade de compartilhamento para diversos aplicativos, inclusive com a possibilidade de ter um acompanhamento médico. Estas informações também poderão ser enviadas a um Web Service onde é possível visualiza-las através de um painel Web. Os resultados presentes neste trabalho mostram que o aplicativo Controle de Saúde conquistou 83% das avaliações máximas e mais de mil downloads com apenas três meses de publicação no Google Play, onde foi possível observar uma grande procura, até mesmo de outros países como Portugal, França, Angola, Argentina, Chile, Espanha e Estados Unidos, alcançando principalmente a faixa etária entre 30 e 50 anos, com o maior índice de preocupação no controle e monitoramento do diabetes.

Palavras-chave: Mobile, smartphone, Android, aplicativo, Web Service, saúde.

TCC - Uso de mobilidade no controle de saúde - Matheus Piscioneri

Download do TCC